sábado, 27 de novembro de 2010

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Perguntaram-me


*


*


-----;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Margaridas na Varanda

Esqueça as margaridas na varanda
Elas não dizem nada
Apenas respiram
E prosseguem naturalmente

Nossa história se perdeu
Na janela do tempo
Esquecemos de fechá-la
Ela se foi

Eu me reconheço
No espelho da minha verdade
Que é bem diferente da sua
Hoje

Ouça o que digo
Não volte
Continue sem fim
Sem mim

Desculpe-me
A falta de jeito
Mas busque outra

Não sonhe mais essa tortura
Mude seus planos
Meu amor, acredite,
Não sou seu desejo

Hoje
Reconheço você
Reconheço a mim
Agora me abro sem receio

Meu amor, desculpe
A falta de jeito
Agora sabe minha verdade

Sou feita de cristal
Não volte
Não olhe
Não queira

As pétalas um dia cairão
Procure outra verdade
Que seja igual a sua
Prometo que ela existe.


-----;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Atitude Publicitária

Atitude publicitária vai além da propaganda.
Quantos comerciais vemos por aí que apenas se preocupam em vender um produto ou uma ideia aliada a ele, mas completamente egoísta. Encontrei uma maravilhosa navegando pela internet. O comercial quer sim vender seu produto, mas alia uma ideia simples, cativante, que extrapola a linha limite e atinge em cheio cada um. Não importa importa o destino final que ele pretende alcançar. O que importa aqui é que o vídeo explora a reflexão.
Eu mesma já me perguntei. Como seremos daqui a pouco? Seres invisíveis na multidão? Você se lembra por quem passou hoje, pelo menos a cor dos cabelos, dos olhos? Sorrio? Retribuiu um sorriso?
Precisamos de campanhas assim. Parabéns à equipe!

Confira um vídeo muito bom e inteligente. Sem contar que é extremamente emocionante nos dias atuais.
Ele é uma demonstração das possíveis reações dos ouvintes. Já que foi uma ação para as rádios da cidade de São Paulo. - "Torne sua vida mais leve" -

Outro vídeo (ação para TV), estimula a inspiração do homem a favor de mudanças positivas no cotidiano. - "Enxergue a vida fora do óbvio" -

Parara saber um pouquinho mais sobre isso, leia o texto.

Nem falarei mais nada. A campanha fala por si só. Link e tire suas conclusões.





-----;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Frase do Dia

“Poesia não é matéria resultante, é arte da percepção da alma em sublimação”
Luciano Spagnol


Linda frase!
Sempre recebo e-mails dele com textos magníficos.
Gostou tanto quanto eu?
Visite o cantinho dele no Recanto das Letras ou faça parte de seus amigos no Facebook.





-----;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
 

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Um Dia Será

Poetas em um luar sem fronteiras
Em disparos de canhões do amor
Tantas dificuldades costumeiras
Um planeta recheado de flor

Por vezes encontro um olhar
Prolongo a me virar
Num monte que crescem noites claras
É lá que se encontram orquídeas raras

Onde a poluição se desfaz
O caos fica para trás
Param as usinas
Silenciam-se as buzinas

E os ouvidos em paz
Nos lábios a alegria traz
Um mundo de riqueza
Sem um pingo de avareza

Onde todos se amam
E por nada mais clamam
Pássaros cantam em liberdade
O prazer está na humanidade.

*


------------------;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

 

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Destino Íntimo - capítulo 4 (parte 2)

Depois de gelar até a alma, olho embaixo da cama.



----*---*----


Ponto Traçado


Em minhas mãos
Repousa a história de uma vida
Talvez de outras também

Não desvendo o sul
Por temer o norte

Os astros celestes parecem querer indicar o caminho
Infelizmente não sei me comunicar com eles
 
Busco o contrário do igual
Algo diferente no absurdo

Procuro um caminho a seguir
O qual minhas mãos já conhecem
E os astros tentam me revelar.

*


O Quadro

Se eu soubesse onde você está
Se ao menos soubesse para aonde você foi
Saberia o que comigo há
Se é saudade ou o sol que se põe

Vejo a longínqua montanha
Imagino você entre as pessoas do vilarejo
Nenhuma delas me parece estranha
Em cada ponta sinto um breve aconchego

Ali minha mente some
Com seus resquícios eu vivo num sonho
Que desejo que me tome e dome
Nas folhas que secas caem das árvores eu suponho

Um dia estar para sempre lá
Nas curvas do riacho que atravessa a tela
Mas meu corpo se encontra cá
Querendo abrir, da casa, a bela janela

Então você chega e eu sorrio
A alegria estampada nas cores
Que vibram sem qualquer martírio
Florescendo as flores

Do nosso jardim encantado sobrou uma pétala branca
O chão sob meus pés calçados e frios
A velha e ultrapassada moldura inglesa manca
Presente transparente com passado e futuro sombrios.

*

domingo, 14 de novembro de 2010

Desafio


Às vezes é bom sabermos um pouquinho mais sobre a autora do blog em que lemos diariamente, não é?
Rola na Blogosfera um desafio divertido onde temos que responder algumas perguntas colocando sempre sete coisas sobre aquilo que fazemos e pensamos.
Ao final vc precisa escolher sete pessoas para indicar o desafio. A lindinha e mt querida Camila, do Blog da Camila (vale a pena conhecer) me colocou entre suas sete pessoas! 
Então, aceitei-o e lá vai!
Ah, não há ordem de preferência em nenhum ítem. ;)

7 coisas que eu tenho que fazer antes de morrer:

Publicar um livro
Viajar para o exterior com minha família (de preferência Espanha)
Publicar outro livro
Rodar minha série de TV
Rodar um longa
Lançar um CD
Dar muitos presentes

7 coisas que eu mais digo:

Jesuuussss!
Ave Maria!
Aaave!
Preciso escrever.
Boa tarde!
Oi!
Caramba!

7 coisas que faço bem:

Escrever
Cantar
Ouvir
Cozinhar
Pintar em tela
Atuar
Imaginar

7 defeitos meus:

Aniversário? De quem? Quando? Ah...
Persistência
Já disseram q sou perfeccionista. Bem, talvez um pouquinho...
Preguiça
Não sei discutir, não consigo.
Só penso depois no q podia ter dito...
Indecisão.

7 coisas que amo:

Família e amigos
Filmes
Livros
Música
Teatro
Natureza
PC

7 qualidades:

Bom humor
Paciência de Jó
Consigo perdoar
Ah, eu amo, cm amo!
Respeito td e tds
Fidelidade
Prefiro dialogar a discutir, se quer discutir, continue com a parede.

7 pessoas para fazer esse desafio:

Mania de Ler - Renata
Um pouco de mim - Elaine Gaspareto
Nas Entrelínguas - Juliano Beck
Estados de Alma - Alma Inquieta
Lado Mal - Renatinha
Siempretu - Francisco


;) bjs***

Destino Íntimo - cap. 4 (parte 1)

Quando tudo vai bem... Desconfie!





sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ooops!

Fui levar minha irmã à rodoferroviária hoje e, ooops, esqueci um livro.
Ai, ñ resisti.
Corri registrar outro livro no BookCrossing, segui os msms passos de antes e pronto!
Tadinho, espero q encontre logo um leitor.
Ah, jah deve ter encontrado.
Q maravilha, acho q to ficando viciada, rs.
O livro desta vez foi este:
esta aqui em cima é a capa do livro que deixei, mas ela tá tão pequenina que coloquei outra tb:

Esqueci um livro!!!!!

É com grande felicidade que venho comunicar que esqueci um livro. Estranho, não? rs
Pois é, resolvi até fazer homenagem a minha cidade natal nessa minha primeira vez.
Um livro, dois estados, num movimento global... q loucura!!!!
Esqueci no Mercado Municipal de Curitiba o livro IV Concurso Literário de Presidente Prudente 2010. Uma seleção de autores da cidade, com contos, crônicas e poesias.

O livro foi registrado no site BookCrossing  e recebeu o seu BCID!!!!!
Se quiser conferir, vai até!
Imprimi a etiqueta do blog da Luma msm, preenchi e colei na parte interna da capa, assim todos estarão cientes do que se trata e o recado não se perde.
A sensação é tão boa...
;) bjs***

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Esqueça um livro

Esquecer um livro está virando uma mania. Calma, não é esquecer sem querer ou renegar algum específico. Simplesmente é espalhar a leitura pelos cantos das cidades, esquecendo um livro, de propósito mesmo.


A primeira vez que ouvi sobre isso foi na minha cidade natal, interior de São Paulo. A Secretaria Municipal de Cultura implantou um programa assim: coloca-se um bilhete dentro do livro, explicando que ele não pertence a ninguém, mas sim a todos e que do mesmo modo que foi deixado ali, é para a pessoa que encontrou lê-lo e novamente esquecê-lo em outro ponto, de preferência um local público.


Qual não foi a minha surpresa quando me deparo com um post da Fernanda Reali e depois sigo para o Luz de Luma e descubro que o movimento está acontecendo na blogosfera também. Porque aqui é assim, a gente vai de blog em blog adquirindo conhecimento e conhecendo pessoas maravilhosas, com iniciativas incríveis. 


O pouco que posso dizer a essa hora da madruga e com muito sono é que a tal ideia teve início na Europa, com o nome de BookCrossing e agora tem também outro nome, adaptado para a internet, BookCrossing Blogueiro. Uma excelente oportunidade de espalhar cultura aos quatro cantos!


Quer saber mais? Acessa os links aí em cima.
Eu já vou aderir!!!!
Preciso escrever o bilhete, escolher o livro, o local e pronto, facinho.

Recordação de Papel

Roda gigante
Num parque de música 
A sorrir

Melodia nostálgica
Do tempo de brincar...
Com o papel
Com as nuvens de mel

Mãos dadas a girar
Risadas ao ar
Magia travessa
A valsar

Sapatinhos de algodão
Espertinhos
Tão docinhos
Lacinhos com sabão
De cetim a voar

Com tamanha inocência
Onde cavalga a semente
Do futuro presente
Do próximo sorvete

Com tamanho esplendor
Na ausência do amor

A infância a brincar
E a passar...

Na roda gigante
Que não para de girar
De girar...

Do banquinho a vislumbrar
As crianças que não param
De brincar.

Solução

Pouco a pouco as mãos começavam a ficar dormentes. Os braços já não pareciam aguentar mais o peso do corpo. As pernas flutuavam no ar em busca de uma base. Os polegares e todos os outros dedos gritavam por ar, sem ilusões de sobreviver qualquer segundo a mais. Os olhos enlouqueciam nos globos oculares quando um rosto apareceu e mostrou uma saída para nova vida. Entretanto, a dúvida persistia. A de cá ou a de lá?