segunda-feira, 11 de julho de 2011

Minhas Lembranças, de Juliana Ferreira

Sinopse

Minhas lembranças é um romance adocicado. Quando Ônix perdeu seus pais em um acidente na estrada principal da Dinamarca a caminho da comemoração da sua formatura, ela não sabia que poderia sentir o que sentiu. Culpava a si mesma por ter causado aquele desastre e, o pior, lamentava-se por não ter dado o devido valor aos seus pais. Mas já era tarde demais. Seus tios de criação ao ficarem sabendo do acidente lhe convidaram para morar com eles no interior de Londres. Apesar de estar confusa e muito mal, ela se deu a oportunidade de voltar a viver. E, fazendo isso, encontrou com o seu velho amigo de infância, Calebe. Ele fez com que ela esquecesse da sua própria dor assim que olhou aqueles olhos verdes melancólicos. Ao descobrir o motivo da melancolia, Ônix percebeu que aquele sentimento de amizade já não poderia ser mais chamado assim.

Autora

Juliana Ferreira nasceu no Rio de Janeiro, desde pequena tinha ódio de livros e qualquer coisa do tipo. Quando perdeu seu pai aos treze anos, leu seu primeiro romance e não parou mais. A inspiração para escrever “Minhas Lembranças” foi retirada da dor da perda precoce e por ver muitos jovens não darem valor aos pais ela quis mostrar um pouco como é perder alguém importante – mesmo na ficção. E claro não poderia deixar de fora o romance. Tem muitos sonhos e um deles é se formar em Letras.

Dados

Título: Minhas Lembranças
Autora: Juliana Ferreira
Editora: Lexia
ISBN: 978-85-63557-51-3
Págs.: 153


Minha Humilde Opinião

Primeiramente digo que a autora é uma jovem de 18 anos e muito corajosa ao adentrar no mercado editorial. Pois, possui talento para a escrita, mas ainda precisa desenvolvê-lo melhor.

O livro é dramático, mas faltou profundidade na trama. Muitas vezes me sentia “boiando” na história sentimental. Entendo o que a Juliana tentou passar, no entanto, acredito que ficou muito presa aos próprios sentimentos (a história é baseada em fatos), que a técnica narrativa.

Senti falta da revisão. Infelizmente parece que o livro não passou por essa fase importantíssima.

Esta resenha é uma das mais difíceis que escrevo, pelo simples motivo que conheço um pouco a autora, estava ansiosa para ler a obra e escrever uma superresenha. É triste, mas não me cativou.

Coisa que detesto é produzir resenha negativa de um livro, mas também não posso mentir ou enganar, então não me estenderei. Fico por aqui.

Desejo e quero ler outros livros de Ferreira, que tem um lindo e promissor futuro na literatura.




-----;)-------------------- Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

2 comentários:

J.F Silva disse...

Gi fique tranquila, resenha é opinião, não fiquei chateada. Realmente escrevi esse livro a tempos e um livro independente é muito complicado e cansativo na revisão, enfim, relaxa não vou me suicidar kkk. Beijos =*

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Hahahahahaha

Af, nem brinca com isso!

;)

bjs***